Menos de 24 horas após o encontro inaugural entre Qatar e Equador, as seleções de Inglaterra e Irão mediram forças no segundo desafio do Mundial 2022.

A seleção inglesa, favorita à conquista dos três pontos, do Grupo B e candidata a chegar longe na competição “cilindrou” a formação iraniana por seis bolas a duas.

O resultado final é elucidativo em relação ao que aconteceu ao longo de todo o desafio: a seleção inglesa dominou as ações por completo desde os primeiros instantes, materializou esse domínio em golo(s) e construiu, com toda a naturalidade, uma goleada por seis bolas a duas num encontro de sentido único.

Bellingham, Saka (2), Sterling, Rashford e Grealish foram os responsáveis pela goleada dos comandados de Gareth Southgate, importando estacar a boa prestação de Harry Kane, jogador que conquistou a Bota de Ouro no Mundial 2018 mas ficou “em branco” nesta estreia.

Mehdi Taremi, avançado do Porto, fez os dois golos da seleção iraniana, o primeiro ao minuto 65 e o segundo já no 13º minuto de compensação, de grande penalidade.

As melhores Casas para apostar no Mundial 2022

[betway]

Irão nunca tinha sofrido derrota tão “pesada”

A seleção do Irão está, pela sexta vez, a disputar a fase final de um Campeonato do Mundo.

A primeira presença dos iranianos neste contexto remonta a 1978, na Argentina, sendo que a seleção atualmente sob alçada do português Carlos Queiroz também esteve em França em 1998, na Alemanha em 2006, no Brasil em 2014 e na Rússia em 2018.

Em qualquer uma destas ocasiões, a seleção iraniana nunca ultrapassou a fase de grupos.

Até hoje, a derrota mais “pesada” do Irão em fases finais do Campeonato do Mundo tinha acontecido a 11 de junho de 1978, no Estadio Chateau Carreras, em Córdoba. No embate com a seleção do Peru, os iranianos saíram goleados por quatro bolas a uma.

Nas últimas duas edições do Mundial, a seleção iraniana tinha sofrido menos golos que neste encontro inaugural com Inglaterra: sofreu dois em 2018, na Rússia e quatro em 2014, no Brasil. A goleada sofrida às mãos dos ingleses corresponde agora ao maior desaire do Irão em fases finais do Campeonato do Mundo.

A seleção do Irão volta a entrar em campo no dia 25, frente à seleção do País de Gales. A seleção inglesa também entrará em campo no mesmo dia mas para medir forças com a congénere dos Estados Unidos.

Inglaterra bate recorde

A Inglaterra apresentou-se de forma autoritária nesta estreia no Mundial 2022, exibiu toda a sua qualidade e conquistou, com naturalidade, os três pontos.

Ao bater a seleção iraniana por seis bolas a duas, os “Three Lions” conquistaram a sua maior vitória de sempre em estreias nas fases finais de grandes competições (Mundial/Europeu).

Para além disso, igualaram o máximo de golos marcados na fase final de uma grande competição, isto depois de terem vencido a congénere do Panamá por seis bolas a uma na segunda jornada da fase de grupos do Mundial 2018. Mais de quatro anos após esse jogo, neste duelo com o Irão, houve alguns jogadores a repetirem a titularidade: Jordan Pickford, Kieran Tripper, John Stones, Harry Maguire, Raheem Sterling e Harry Kane.

Os ingleses demonstraram muita qualidade e evidenciaram o porquê de serem tidos como principais favoritos na corrida aos “oitavos” do Mundial 2022.

Aposte com os melhores bónus e promoções!

[betway]

Boas Apostas!