Primeira a garantir a vaga, primeira a ser eliminada: a equipa do Qatar, seleção anfitriã, já não tem qualquer hipótese em termos matemáticos de se apurar para os “oitavos” do Mundial que está a organizar.

A derrota às mãos do Senegal (1-3), no encontro que abriu a segunda jornada do Grupo A, conjugada com a igualdade a uma bola entre Países Baixos e Equador, ditou o afastamento da equipa “qatari” logo na primeira fase. Pela primeira vez na história dos Campeonatos do Mundo, uma seleção anfitriã está eliminada no final da segunda jornada da fase de grupos.

Um “adeus” anunciado

Sorteada no Grupo A juntamente com Países Baixos, Equador e Senegal, a seleção do Qatar, anfitriã da prova, cumpriu a sua primeira experiência de sempre na fase final de um Campeonato do Mundo.

Não obstante os anos de preparação e o mais recente estágio de seis meses com a prova em mente, cedo se percebeu que a passagem da equipa na prova seria curta.

Na ronda inaugural, mesmo com todo o entusiasmo que se verificava em seu redor, a seleção do Qatar foi derrotado por duas bolas a zero diante do Equador. Para a posteridade ficou uma exibição “cinzenta”, sem qualquer remate enquadrado com a baliza adversária e lacunas claras a diversos níveis.

Os “qataris” chegaram à segunda jornada cientes de que uma derrota poderia muito bem ditar a eliminação antes da derradeira ronda. A seleção senegalesa, após uma exibição decente (apesar da derrota) com os Países Baixos, entrou no Al Thumama Stadium decidida em ganhar vida na luta pelo apuramento e, no final dos 90 minutos, imperou a lei do mais forte: os africanos venceram por três bolas a uma.

Para a posteridade ficará o golo de Mohamed Muntari, jogador que apontou o primeiro tento de sempre da seleção do Qatar em fases finais do Campeonato do Mundo.

O segundo desaire na fase de grupos deste Mundial 2022 não ditava, pelo menos no imediato, a eliminação da competição. No entanto, a queda acabaria mesmo por se confirmar passadas algumas horas: Países Baixos e Equador empataram a um num encontro em que, nos últimos 20 minutos, mais parecia terem assinado um “pacto de não agressão”, tal a predisposição das duas equipas.

A seleção do Qatar vai despedir-se deste Mundial 2022 no dia 29 de novembro, frente à seleção dos Países Baixos que de tudo fará para conquistar o primeiro lugar do grupo.

Aposte com os melhores bónus e promoções!

[betway]

Boas Apostas!