A seleção da Argentina está apurada para a sexta final da sua história. A “albiceleste” superou a Croácia nas “meias” do Mundial 2022 e fica agora à espera do desfecho do encontro entre França e Marrocos.

O encontro decisivo está agendado para domingo (18 de dezembro), às 15h00.

Histórico da Argentina em Finais

O início da história da seleção da Argentina em finais do Campeonato do Mundo remonta ao ano de 1930.

92 anos depois, a “albiceleste”, duas vezes vencedora da prova de seleções mais importante do globo, vai disputar a decisão pela sexta vez.

Mundial 1930: Uruguai 4-2 Argentina

Primeiro Mundial, primeiro “vice”.

O Uruguai organizou a primeira edição do Campeonato do Mundo no ano de 1930 e quis o destino que a final fosse discutida com a “vizinha” Argentina.

No relvado do mítico Estádio Centenário, emoção não faltou: os uruguaios entraram a vencer, a Argentina passou para a frente (2-1) mas foram mesmo os donos da casa que acabaram por fazer a festa. Com uma vitória por quatro bolas a duas, a seleção uruguaia conquistou o primeiro Mundial da história.

Mundial 1978: Argentina 3-1 Holanda

48 anos depois de, para seu infortúnio, ter assistido à vitória da nação organizadora, foi a Argentina que pôde celebrar em solo nacional.

Em 1978, a Argentina sagrou-se campeã a atuar em casa ao bater a congénere da Holanda que se apresentou para a disputa do torneio sem Johan Cruyff.

Após um empate a uma bola no tempo regulamentar, a Argentina fez dois golos no prolongamento e venceu mesmo o troféu.

Mario Kempes, com dois golos, foi a grande figura da final.

As melhores Casas para Apostar no Mundial 2022

[betway]

Mundial 1986: Argentina 3-2 Alemanha

O Mundial de 1986, no México, ocupa um lugar especial na memória dos adeptos de futebol que assistiram à competição, já que falar em Mundial de 1986, é falar em Diego Armando Maradona.

A inesquecível “Mano de Dios” frente à Inglaterra faz parte do imaginário coletivo do adepto de futebol e é indissociável dessa mesma edição da prova.

Na final, frente à Alemanha, a Argentina venceu por três bolas a duas no Estádio Azteca, na Cidade do México, com mais de 100 mil a assistir.

Nesse dia, Brown, Valdano e Burruchaga fizeram os golos da Argentina, mas a Bota de Ouro do Mundial de 1986 não fugiu ao astro Diego Armando Maradona.

1990: Alemanha 1-0 Argentina

Quatro anos depois de a Argentina ter exultado com a conquista do seu segundo título mundial “às custas” da Alemanha, a final do Mundial de 1990, em Itália, ditou um “tira teimas” entre as mesmas nações.

Na decisão disputada no Olímpico de Roma, houve lugar a “vingança”: os alemães bateram os argentinos por uma bola a zero. Aos 85 minutos do desafio, o árbitro mexicano Edgardo Codesal assinalou uma grande penalidade favorável aos germânicos e, uma vez chamado a bater, Andreas Brehme converteu com sucesso, já que a bola foi direita às redes do guardião argentino Sergio Goycochea.

 2014: Alemanha 1-0 Argentina

Tal e qual como em 1986 e 1990, em 2014, no Brasil, Argentina e Alemanha voltaram a encontrar-se na decisão da prova de seleções mais importante do globo.

A história foi semelhante à de 1990, mas ao invés de a decisão ter acontecido perto do fim do tempo regulamentar, sucedeu já no prolongamento.

Após um empate sem golos no final do tempo regulamentar da partida disputada no Maracanã, no Rio de Janeiro, Mario Gotze encontrou os caminhos para o golo, fez o 1-0 e permitiu que a Alemanha conseguisse conquistar o Mundial pela segunda vez “à custa” da Argentina.

Aposte com os melhores bónus e promoções!

[betway]

Boas Apostas!